Subseção Judiciária de Poços repassa valores de prestações pecuniárias a hospitais do sul de Minas

Atendendo à Resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) 154/2012, que institui a política institucional do Poder Judiciário para a utilização dos recursos oriundos da aplicação da pena de prestação pecuniária em atividade de caráter essencial, e tendo em vista a urgência e excepcionalidade decorrentes do estado de calamidade pública enfrentado pelo Brasil, causado pela pandemia Covid-19, a Subseção Judiciária de Poços de Caldas repassou no dia 15 de abril o valor de R$ 122.727,41 a hospitais localizados nas cidades que fazem parte de sua jurisdição, para aquisição de materiais e equipamentos médicos a serem utilizados no diagnóstico, prevenção e combate ao coronavírus.

O valor foi dividido proporcionalmente ao número de habitantes de cada município onde está situada a instituição beneficiada. Foram convidadas a participar 13 instituições de saúde, das quais cinco apresentaram a documentação exigida e foram selecionadas. São elas: Hospital São Francisco, de Cabo Verde; Fundação Hospital São José, de Botelhos; Irmandade da Santa Casa de Caridade de Machado; e Hospital Santa Lúcia e Irmandade do Hospital da Santa Casa, ambas de Poços de Caldas.

© 2020 Jornal Brand-News