Reynaldo Prieto expõe no Box Cultural do Mercado Municipal

Uma série de 13 gravuras tendo como tema “Festa de São Benedito” ocupa o Box Cultural do Mercado Municipal (piso superior). Os trabalhos foram feitos pelo artista plástico Reynaldo Alvim Prieto como forma de reavivar na memória das pessoas uma das festas mais tradicionais de Poços de Caldas no mês em que o evento tradicionalmente acontece, mas que teve que ser cancelado em função do isolamento social. A mostra, divulgada inicialmente nas redes sociais, poderá ser vista até o dia 31 de maio, no horário de funcionamento do Mercado.

A ideia de homenagear a festa e seus personagens, alguns inspirados nas fotos da arte-educadora e fotógrafa Dani Alvisi, nasceu despretensiosamente. Mas chamou a atenção do também artista plástico Gabriel T. Bertozzi, que já no início da produção conseguiu autorização junto à prefeitura, que administra o espaço, para a exposição que ajuda a perpetuar a memória da festa centenária. 

 

DA ESCULTURA PARA A PINTURA - Autodidata, Reynaldo Prieto fez sua primeira exposição individual em maio de 1987, nas Thermas Antonio Carlos. Os quadros em pirogravura foram mais tarde sendo aperfeiçoados e vendidos em feiras de artesanato, em Poços e Campinas. As esculturas em ferro e sucata, que viriam a se tornar sua marca registrada por um bom tempo, foram mostradas em várias exposições coletivas (Câmara Municipal, Complexo Cultural da Urca e IMS Poços). Duas mostras ao ar livre que viriam depois - na praça da Prefeitura e entorno das Thermas - revelaram para um público maior seu trabalho como escultor.

O artista ganhou a “Pequena Medalha de Ouro” no V Salão Nacional de Arte Contemporânea de Campinas, realizado no Centro de Convivência Cultural, em agosto de 2000. Em São Paulo, integrou um grupo local que expôs seus trabalhos no Museu de Arte Contemporânea da USP (no MAAC). E em Belo Horizonte, fez a primeira mostra de esculturas em concreto no Centro Cultural da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Em 2018, expôs esculturas em ferro e cimento no Paço das Águas Shopping, peças com inspiração na figura humana. Os trabalhos foram mostrados meses depois no Shopping Poços de Caldas. Antes dessas mostras, porém, Reynaldo expôs uma de suas obras - um rosto gigante feito em ferro e coberto por tampinhas - na Bricolé Papelaria, na PUC Poços de Caldas e mais recentemente no New York Pub. Realizou também exposições individuais na Cia Bella de Artes (oratórios), Trincheira Tancredo Neves (esculturas em cimento) e nas cidades paulistas de São João da Boa Vista e Águas da Prata (esculturas).

Uma de suas esculturas mais expressivas (“Caboclo”, de 2 metros de altura), encontra-se em exposição permanente no Atelier OBRA 255 - um espaço a céu aberto no Jardim Centenário cuidado pelo artista plástico e curador Claudio Guedes.

O artista, agora, prepara uma nova série para breve exposição que terá como tema algumas cenas de moradores de rua.

Divulgada inicialmente nas redes sociais, as gravuras do artista plástico Reynaldo Prieto que têm como tema a “Festa de São Benedito” encontram-se em exposição no Box Cultural do Mercado Municipal. Antes mesmo do final dessa mostra - dia 31 de maio -, Reynaldo, conhecido pelas esculturas em cimento e sucata, prepara nova exposição, desta vez uma série com cenas de moradores de rua.

© 2020 Jornal Brand-News